Katherine Langford concedeu uma entrevista exclusiva ao BuzzFeed sobre a 2ª temporada de ‘13 Reasons Why‘. A atriz falou sobre agressão sexual, que será um dos temas abordados na nova temporada da série, o movimento Time’s Up e muito mais. Confira a matéria traduzida:

Katherine Langford Espera Que ’13 Reasons Why’ Provoque Debates Sobre Agressão Sexual, Assim Como Fez Com O Suicídio Adolescente
Katherine Langford contou ao BuzzFeed News que a série continuará a lidar com temas como assédio, agressão e consentimento de uma forma que “não parece um Anúncio de Serviço Público.”

VALLEJO, Califórnia — Quando a produção da segunda temporada de ‘13 Reasons Why‘ começou, em junho de 2017, Hollywood era um lugar diferente.

O elenco e a equipe haviam se reunido meses antes do New York Times e do New Yorker publicarem suas investigações bombásticas sobre o produtor Harvey Weinstein, relatos que geraram um movimento social contra a agressão sexual e o assédio que subjugaria Hollywood, a mídia americana e a política nacional.

Agora, em meio ao movimento #MeToo, as histórias de agressão sexual exploradas na fictícia série de sucesso da Netflix também estão adquirindo um novo significado e nível de importância, diz Katherine Langford, a atriz australiana que interpreta Hannah Baker, cujo suicídio é o foco principal da primeira temporada.

“As questões que nós abordamos na primeira temporada e que continuamos a explorar na segunda temporada, não são novidade. Elas têm acontecido há muito tempo,” Langford disse ao BuzzFeed News no set de 13 Reasons após filmar uma cena de flashback de quando sua personagem estava viva.

“Em face dos recentes acontecimentos e mudanças no mundo e novos relatos, e a visão geral da agressão sexual em particular, acho que na 2ª temporada, estas questões vão obviamente gerar uma repercussão muito mais profunda,” disse ela.

Na primeira temporada, os espectadores assistiram Hannah sofrer com assédio, slut-shaming e as consequências de ser abusada sexualmente. Após tentar, sem sucesso, denunciar o estupro ao seu orientador escolar, Sr. Porter (Derek Luke), Hannah se mata. A primeira temporada também mostrou outra estudante da Liberty High School, Jessica Davis (Alisha Boe), começando a lidar com o fato de que foi abusada sexualmente.

Langford contou ao BuzzFeed como foi difícil filmar a cena na qual sua personagem tenta se abrir com o Sr. Porter. “Nós filmamos essa cena no último dia de gravações e foi uma cena muito importante,” disse ela. “Por causa da gama de emoções e experiências pelas quais Hannah passou na última temporada, essa cena foi tão importante.”

A atriz de 22 anos disse que sobreviventes de agressões sexuais a abordaram após o lançamento da primeira temporada e expressaram o quanto se identificaram com aquele momento em particular entre Hannah e o Sr. Porter.

“Sobreviventes que passaram por isso mencionaram essa cena e a incapacidade de Hannah de dizer diretamente o que havia acontecido com ela,” disse Langford. “Acho que essa é uma coisa importante de se mencionar, porque em outro extremo existem pessoas que acham que Hannah mereceu aquilo.”

As consequências desses eventos são abordadas na segunda temporada de ‘13 Reasons Why‘, uma vez que a mãe de Hannah, Olivia Baker (Kate Walsh), processa a escola por causa da morte de sua filha. Os espectadores também vêem Jessica continuar a lidar com seu próprio estupro e todas as dificuldades provenientes de ser uma vítima de agressão sexual em idade escolar.

Langford disse que é importante explorar as histórias de abuso sexual na televisão para quebrar o silêncio em torno de tamanha violência. “O mais especial em ser capaz de colocar estes temas em um seriado de TV é que isso provoca debates sobre estas questões,” disse ela. “Isso faz com que as pessoas falem sobre coisas que têm existido há muito tempo, mas são consideradas tabus ou não são tão discutidas como deveriam.”

Em janeiro, Langford compareceu ao Globo de Ouro pela primeira vez em sua carreira. Ela foi indicada na categoria Melhor Atriz em uma Série de Drama por sua interpretação de Hannah Baker. A premiação aconteceu pouco depois de centenas de mulheres de Hollywood anunciarem a iniciativa Time’s Up, e os participantes do Globo de Ouro usaram a cor preta como um sinal de solidariedade — Langford entre eles. A atriz também disse que participou de reuniões do Time’s UP, apoiando a causa.

“Como uma jovem mulher e uma jovem atriz, literalmente alguém que só começou a atuar há um ano atrás nesta série, é tão incrível ver essas mudanças, em primeira mão, em uma indústria que meio que tem uma certa reputação de abafar certas coisas,” disse Langford.

“É inspirador. É algo que eu quero continuar fazendo e espero que eu possa ajudar a dar continuidade às discussões sobre o que é agressão sexual e como lidar com isso, e fazer disso algo mais facilmente debatido.

Após os movimentos Time’s UP e #MeToo, Langford disse que a série continuará a lidar com tópicos como assédio, abuso e consentimento de uma maneira que “não se parece com um Anúncio de Serviço Público.”

“É como nós retratamos as coisas indiretamente… as pessoas absorvem a importância de coisas como consentimento e se atentam à pequenas coisas que eu sinto serem tão reais,” disse Langford.

Após sua estreia em março do ano passado, ‘13 Reasons Why‘ provocou um enorme debate global sobre como o suicídio adolescente é retratado na cultura popular. A série gerou fortes reações, tanto de apoio como críticas, de pais, professores, especialistas em saúde mental e jovens espectadores. Langford espera que esses mesmos tipos discussões continuem com a próxima temporada, especificamente em torno do abuso sexual.

“Acho que no fim das contas, o que a série faz realmente bem é promover debates,” disse ela, “e eu acho que é à partir das discussões que as pessoas são capazes de aprender.”

Fonte: BuzzFeed.
Tradução & Adaptação: Katherine Langford Brasil.
Não copie e/ou reproduza sem dar os devidos créditos!